Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Finalmente, Vamos Falar de Sexo!

por Mammy, em 29.08.12
Não, não são os meus pés!
Isto é um desenho tirado da Net.

Em conversa, com uma rapariga nova...
- Se o meu namorado quisesse uma gaja de chicote e roupa de vinil, eu mandava-o dar uma volta! Que fosse arranjar a prostituta noutro lado qualquer!

Ok, a rapariga pode não estar para aí virada, mas chamar prostituta a uma gaja só porque está numa de se vestir de vinil e andar às chicotadas a um gajo, parece-me um bocadinho ideia de beata velhinha e retrógrada.
Pessoalmente, já me apeteceu chicotear muitos gajos por aí. E gajas! Não vestida de vinil, mas de calças e botas de montar, que era a minha farda na altura. 
Há bem pouco tempo e à paisana, voltou a apetecer-me...
(E olhem que eu até era boa no chicote! Conseguia estalá-lo no ar sem tocar em nada nem em ninguém.)
Apesar de não haver nenhuma conotação sexual nesta minha vontade, acho que me divertiria bastante a chicotear algumas pessoas... (Perdoem-me, mas é esta minha costela malvada a falar!)


Agora, vamos ao que interessa: 
Sexualmente, confesso que já tive algumas experiências, digamos, diferentes da posição papá-mamã, habitual das beatas velhinhas e retrógradas (é o que dizem, eu nunca vi!), sem me considerar uma prostituta. Dezassete anos de relação contribuíram para se ter que puxar muito pela cabeça! ;-)

A rapariga nova em causa queria uma relação para toda a vida, sem nunca ter que vestir o vinil e usar o chicote. Não acredito que o consiga... Se o conseguir, talvez, em vez disso, tenha que fazer outra coisa qualquer para inovar, não só a pedido do namorado, mas por sua própria vontade. 

As relações (especialmente as longas) precisam de inovação/renovação, senão acabam por morrer. E estas inovações/renovações também são muito importantes a nível sexual. Ter relações sexuais sempre com a mesma pessoa, no mesmo sítio, à mesma hora, com o mesmo ritual de todas as outras vezes, acaba por se tornar numa monotonia. 
Por isso, inovar é a palavra de ordem. Todos os artefactos são permitidos, se nenhum dos intervenientes se opuser. 

Um chicote pode dar jeito... E, para estar na mão de alguém, que esteja na nossa!


(Pensavam que este post era mais picante, hã?? Seus malandrecos!!!)

publicado às 01:40

#7 Falta "Só"...

por Mammy, em 28.08.12
1 DIA
Da Net, da Net!


publicado às 01:58

Músicas que Entranham

por Mammy, em 28.08.12

publicado às 00:46

Este Menino Não Existe...

por Mammy, em 27.08.12
Mãe, durante o jantar, desabafa sobre a pressão que sente com a vida doméstica:
- Fogo, estou farta de pôr roupa na máquina, estendê-la, pôr a mesa, fazer o jantar, levantar a mesa, pôr loiça na máquina, tirar loiça da máquina, limpar os cocós do gato, arrumar a casa, limpar a casa... Ufa, estou mesmo fartinha!
Filho consola mãe:
- Já podias ter dito isso antes... Eu podia ajudar-te pelo menos a pôr a mesa...
Mãe:
- Glup! A sério?
Filho:
- A sério!

Filho ajudou mãe a levantar a mesa, depois do jantar.

É por causa destas "queridices", que cada vez que penso na adolescência deste menino, até estremeço...
Quando eles são assim tão queridos e prestáveis em pequeninos, em adolescentes costumam ser terríveis.

Ai, ai, estou tramada, estou!

Retirada da Net. Yô!

publicado às 23:34

#6 Faltam "Só"...

por Mammy, em 26.08.12
3 Dias
Imagem retirada da Internet

publicado às 16:45

Das Escolas e das Educações...

por Mammy, em 25.08.12
Hoje, ouvi dizer:

Sobre a escola

- Eu tenho o meu filho numa escola particular porque acho que o ensino é melhor. Não há direito que lá também existam crianças mal-educadas... A escola tem que fazer alguma coisa para evitar que estes alunos a frequentem, se não se sabem comportar, é expulsarem-nos! Se eu quisesse que o meu filho tivesse contacto com este tipo de pessoas tinha-o na escola pública! Se eu pago, tenho o direito de exigir que a escola faça alguma coisa.

Hummm?????

Sobre a palmada

- Quando ele começa com fitas, dou-lhe uma palmada. Agora, essa educação cheia de psicologia, do "eles têm que entender", não serve para nada, os miúdos estão cada vez mais mal-educados. Para mim, entre esta e a educação de antigamente, antes a de antigamente! Nunca vi, as palmadas fazerem mal a ninguém. Não há por aí, assim tantos traumatizadinhos. As crianças têm que saber quem é que manda! 


Ahhhhhhh!!!



Rrrssssss!!!


Sim, as imagens são todas da Internet!

publicado às 03:02

#5 Faltam "Só"...

por Mammy, em 25.08.12
4 Dias
Imagem retirada da Internet

publicado às 02:09

Pág. 1/5



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Visitas